CIRURGIA DE PEDRA NA VESÍCULA

Cirurgia de Pedra Na Vesícula

A colelitíase é a presença de pedras no interior da vesícula biliar, pequeno órgão localizado próximo ao fígado que tem como função o armazenamento da bile.

A bile é um líquido que digere as gorduras e auxilia na absorção de nutrientes e vitaminas. Ela é composta principalmente por água, colesterol e sais biliares, porém, se há excesso de algum dos componentes, estes se acumulam dando origem aos cálculos, ou pedras. As pedras são formadas de colesterol (90% dos casos) ou de sais biliares.

Sintomas

A maioria das pessoas não apresentam sintomas de pedra na vesícula e nem sabem dessa situação. Em geral, descobrem os cálculos quando estão buscando outras patologias.

Já aqueles que apresentam sintomas costumam ter: Intolerância ao ingerir alimentos gordurosos Dor abdominal intensa na boca do estômago. O abdome fica endurecido por um longo período de tempo. Vômito, náusea e saciedade precoce.

Diagnóstico

A realização de uma ultra-sonografia do abdome apresenta um alto índice de acerto para avaliação de suspeita de cálculos biliares. É um método invasivo, barato e sem efeitos colaterais. Além disso, exames laboratoriais podem mostrar as alterações de enzimas do fígado.

Tratamento: O tratamento depende dos sintomas do paciente e do tamanho dos cálculos. Quando o paciente apresenta os sintomas de cólica biliar descritos acima, deve ser realizada a remoção da vesícula biliar, juntamente com o cálculo. A cirurgia de escolha é a videolaparoscopia, que gera menos desconforto no pós-operatório.

Olá, você tem alguma dúvida?