SIALOENDOSCOPIA

Marco Antonio Buges
Lincoln Miyahira
Leonardo Oba

Sialoendoscopia ou endoscopia dos ductos e glândulas salivares é o procedimento endoscopico de diagnóstico e terapêutico para doenças nas glândulas salivares maiores (PAROTIDA, SUBMANDIBULAR e SUBLINGUAL).

Essa técnica foi desenvolvido para auxiliar no tratamento das glândulas salivares evitando ou adiando o tratamento cirúrgico e reduzindo as seqüelas cirúrgicas. O maior avanço neste método é que passou a ser possível preservar as glândulas salivares que, anteriormente, eram retiradas pela maior parte dos especialistas ao ser diagnosticado litíase ou alterações nessas estruturas.

A técnica da sialoendoscopia consiste na introdução de um endoscópio fino, contendo elementos óticos e canal de introdução dos mini-instrumentos. Por se tratar de um método pouco invasivo, pode ser realizado com segurança em adultos e crianças. Possibilita realizar uma avaliação da árvore canicular das glândulas salivares e também procedimentos para resolução de anormalidades.

As principais doenças são os tumores e os processos inflamatórios. O processo inflamatório pode ser ocasionado por formação de pedras (cálculos) ou por estreitamento (estenose) dos ductos, apresenta inflamações glandulares de repetição, conhecidas como sialoadenites. O quadro clinico é desconforto na região, dores e sinais inflamatórios e infecciosos:

  • desconforto e dor em região das glandulas salivares
  • inchaço (edema) e aumento do tamanho das glândulas salivares
  • mau halito (halitose)
  • parageusia (sensação de gosto metálico ou afins na saliva e boca)
  • disgeusia (sensação de gosto na água )
  • hipogeusia (sensação de diminuição de gosto )
  • “sensação de espinho de peixe na garganta”
  • “boca seca” , “garganta seca”
  • ardência na língua

Indicações para sialoendoscopia:

  • cálculos salivares (sialolitos) ,
  • sensação de “boca seca”
  • XEROSTOMIA pos radioterapia (iodoradioterapia)
  • xerostomia pos tratamento por medicações da medicina nuclear
  • SIALOADENITE ACTINICA (por tratamento com iodo radioativo)
  • estenose e subestenose de dutos salivares maiores ,
  • parotidites de repetição ,
  • Síndrome de Sjogren ,
  • Parotidite recorrente juvenil,
  • Parotidite recorrente infantil
  • HALITOSE
  • propedeutica para Halitose
  • sialoadenites inespecíficas ,
  • cistos de retenção salivar ,
  • biópsias de glândulas salivares e
  • quadros clínicos com sintomas em região cervical inespecíficas que necessitam de investigação.

[ keywords ] [ palavras chaves ] [ termos]
endoscopia dos ductos salivares;
endoscopia das glândulas salivares;
endoscopia dos ductos de Stenon;
endoscopia dos ductos de Stensen;
endoscopia dos ductos das glândulas salivares PAROTIDA;
endoscopia dos ductos de Wharton;

endoscopia dos ductos das glândulas salivares SUBMANDIBULAR;
plastia ducto salivares;
plastia ducto salivares de glândulas salivares submandibulares e sublinguais (Wharton);
plastia ducto salivares da Parotida (Stenon ou Stensen);
plastica dos ductos salivares;
plastica dos ductos salivares da Parotida (Stenon ou Stensen);
plastica dos glândulas salivares submandibulares e sublinguais (Wharton);

“Ducto de Stenon ou Stensen”, é um ducto que transporta a saliva produzida pela glândula parótida até a cavidade bucal por onde é lançada na região da papila do ducto parotideo

“Ducto de Wharton”, é um ducto que transporta a saliva produzida pela glândula submandibular até a cavidade bucal por onde é lançada na região do soalho da boca (embaixo da lingua) carúnculas sublinguais (caruncula sublingualis) em cada lado do freio da língua

Olá, você tem alguma dúvida?